Sexo vende! E depois?

Imagine que você está com um problema que precisa resolver urgentemente.

Diante de 2 possíveis soluções, uma sendo “fácil e rápida” e outra sendo “trabalhosa e demorada”, qual você escolheria?

Claro que a “fácil e rápida”, Rodrigo.

Pois é. “Fácil e rápido” soam como “sexo” na mente da maioria dos seres humanos.

E poucas coisas vendem mais do que sexo.

O problema é o depois.

Porque “sexo pago” não gera relacionamento de longo prazo. É “uma noite e nada mais”.

Da mesma maneira, a mentalidade da solução “fácil e rápida” não gera resultados duradouros.

Nem pro cliente nem para o negócio.

E o que vemos é a maioria dos negócios atuando como cafetões dos seus produtos.

Quer dizer: promovem seus produtos como “sexo fácil”. Querem vender acima de tudo sem se preocupar com o relacionamento com os clientes.

Já dei consultoria para dezenas e dezenas de empreendedores com essa mentalidade.

Mas, eu particularmente acho essa visão limitada. Porque nada é mais valioso do que um relacionamento de longo prazo com os clientes.

Eu não gosto de vender “sexo fácil”. Principalmente porque eu nunca fui um homem de “uma noite e nada mais”.

Nos meus negócios, levo o mesmo princípio.

Ainda que eu use de ferramentas poderosíssimas de persuasão, procuro fazer a venda dos meus produtos da maneira menos apelativa possível.

As vendas talvez cresçam mais lentamente, mas são mais consistentes pois tendem a não cair bruscamente de um mês pro outro.

Acredito em negócios e clientes que buscam conscientemente o resultado duradouro.

E, como não vendo “sexo fácil”, meus clientes não correm o risco de pegar gonorréia, sífilis, herpes, etc. 🙂

Eu não quero vender os meus produtos, quero que eles sejam comprados.

Eu quero clientes que conseguem perceber que meus produtos são criados para que eles resolvam DE VEZ seus problemas e obtenham os resultados que desejam de maneira duradoura.

E você?

Essa é uma discussão interessante.

Quero ouvir o que você pensa a respeito.

Você está no mundo de vender “sexo fácil” ou “relacionamento de longo prazo”?

Deixe seu comentário abaixo.

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo criar um Posicionamento pra gerar muito mais vendas!
Próximo artigoMay the Force be with you!!!
Tinha 13 anos de idade e já trabalhava dando aulas de violão clássico. Nos + de 20 anos seguintes, Rodrigo se graduou em Engenharia pela UNICAMP, fez 2 MBAs em algumas das melhores escolas de negócios do mundo e foi Executivo de Gde Empresas. Aos 29 anos decidiu largar sua carreira porque percebeu que não estava seguindo sua verdadeira missão. Hoje, Rodrigo se dedica a ajudar seus clientes e seguidores a descobrirem quem realmente são, a trabalharem com sua missão de vida, a fazerem o que gostam e a quebrarem as regras que impedem que conquistem sucesso, felicidade, qualidade de vida e, claro, liberdade financeira.

22 COMENTÁRIOS

  1. Ola tudo bem, temos que ter boas relações entre vendedores e clientes, com uma grande reciprocidade entre ambos. Usar a inteligência emocional para criar conexão emocional com as outras pessoas. ter carisma é um dom divino que nos coloca em outros cenários. E pode aliar assertividade para conquistar novos clientes, para gerar bons resultados. Obrigado por sua atenção.

  2. Ola! Excelente artigo e adorei a chamada.
    Tenho notado esse comportamento do fácil e rápido principalmente nos novos negócios. Entendo que ocorra devido a falta de preparo e principalmente pelo medo do fracasso. Afinal iniciar um negócio requer estrutura que nem sempre é barata, o que acaba se tornando uma pressão pelo êxito.
    Bom seria se pudéssemos dispor de tempo e dinheiro sempre.
    Não estou contudo justificando o comportamento errôneo, apenas argumentando.
    Também acredito de coração num relacionamento sério e responsável com nossos clientes e amigos.
    Um abraço.

  3. Olá Rodrigo senti a falta dos seus e-mails, realmente o caminho mais fácil também é o mais rápido. Mas melhor mesmo é crescer com estrutura para evitar qualquer surpresa, se envolver de fato com o que está oferecendo ao seu cliente. com certeza um dia ele volta, quando perceber que a concorrência é desleal.

  4. Rodrigo,
    O tema é complexo se elevarmos a análise a um ambito global. Culturalmente os empresarios de países latinos são imediatistas com uma veia de capitaslimo a qualquer custo, venda fácil. Já em outros países assistimos empresários prosperando a base do relacionamento e produtos de qualidade e preço justo, venda relacionada a longo prazo.
    Pactuo da corrente da venda relacionada, longo prazo, marca da valor, service diferenciado.
    Parabéns pelo artigo.

    • Olá Douglas, obrigado!
      Bacana o seu comentário, pois leva nossos amigos leitores a uma reflexão se realmente isso é mais comum no Brasil do que em outros países.
      Eu particularmente acho que países com mais dificuldade econômica, burocracia, etc tendem a serem mais imediatistas por conta das dificuldades do seu mercado.
      Mas acho que esse comportamento é muito observado em países desenvolvidos também.
      Vale a discussão.
      Abraços e sucesso.

  5. Boa tarde !!! Muito bom seu ponto de vista e hj em dia a prostituição da concorrência faz com que nos tornemos assim, porem tbm quero buscar fidelidade com meus clientes, que hj em dia não esta nada fácil viu

  6. Bom dia!
    Achei que só eu ainda pensava em Comquistar a Lealdade do Cliente
    Mas é dificil Pq precisamos ter estratégias diariamente para combater a prostituição de nossos concorrentes…..
    Te confesso que às vezes me preocupa…
    Mas sou assim Tb conquistadora de Fidelidades

    • Olá Keila, se você pensa dessa maneira excelente.
      Quando estamos trabalhando para fidelizar clientes, precisamos ter pensamento de longo prazo.
      Mas como eu disse no artigo, eu não abro mão de usar um pouco de persuasão para motivar meus clientes a tomarem a ação de comprar.
      Entende? Também precisamos ser práticos, certo?
      Abraços e sucesso

  7. Bom dia Rodrigo!
    Com certeza, tudo o que é fácil e rápido gera duvidas. O que acontece, é que no Brasil (o país do “jeitinho”) as pessoas muitas vezes optam pelo caminho mais fácil e a falta da preparação em qualquer projeto de empreendedorismo deixa o mercado muito frágil diante das necessidades exigidas. Por isso, considero que o trabalho a ser feito, é um trabalho de muita conscientizaçâo e preparação na hora das tomas de decisões do projeto escolhido.
    A informação tem poder e a informação adequada tem realmente um poder transformador!

  8. Realmente a pessoas que buscam uma unica aventura e nada duradouro, sem se preocupar com o impacto que gerou na vida de seu parceiro (cliente)…
    Rodrigo mais uma vez parabens!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here